Tuesday, January 22, 2019

The good, the bad and the ugly com Tchescko, do Pathologic Noise

Posted by Redação Mondo Metal On July - 27 - 2015

Arte de Mondo Metal sobre foto de Kelson Frost

 

 

Splatter Death Metal! Nosso The Good, The Bad and The Ugly de hoje é com o frontman de uma das maiores e mais barulhentas bandas da safra dos anos 90 de Minas Gerais, Tchescko, do Pathologic Noise. Com mais de 20 anos de estrada e uma legião de fãs espalhada por todo o Brasil, o quarteto mineiro está lançando pela Cogumelo Records o full-lenght Gore Aberration. Nos Estados Unidos, o sucessor de Sodomy and Delight on Flesh chega ao público pelas mãos da Greyhaze Records. Ficou curioso? Clique aqui e ouça uma prévia do novo álbum. E vamos agora a lista dos álbuns escolhidos (e rejeitados) por Tchescko:

 

Nome: Tchescko
Instrumento: baixo e garganta
Banda: Pathologic Noise

 

THE GOOD

 


Banda: Morbid Angel
Álbum: Altar of Madness (1989)
Um disco foda, assustador, brutal e assassino!! Um verdadeiro clássico do Death Metal! Riffs imortais como Immortal Rites fazem um velho bater cabeça até hoje. Contra indicado para ouvidos delicados!

 

 

 


Banda: Sarcófago
Álbum: I.N.R.I. (1987)
Inovador, sujo e odioso! Bastardos! O disco fala por si. É hoje, certamente, um dos discos mais importantes da cena Death Metal!

 

 

 


Banda: Carcass
Álbum: Necroticism – Descanting the Insalubrious (1991)
Talvez o disco que eu mais tenha escutado em minha vida. Obra prima dos mestres splatteiros! Impressionante e perfeito do início ao fim. Melodias únicas que marcaram o estilo e consagraram a banda!

 

 

 

THE BAD

 


Banda: Obituary
Álbum: The End Complete (1992)
Simplesmente porque eu esperava muito mais da banda após o lançamento de Slowly We Rot e Cause of Death, ainda tento digerir…

 

 

 

THE UGLY

 


Banda: Sepultura
Álbum: Roots (1996)
Ali foi a falência de sentimento metal dos caras. Um disco que não precisava ter sido lançado!! Lixo!!! Foda!!!!!

 

+ Conheça os preferidos e os odiados de quem já passou pela coluna The Good, The Bad and The Ugly
Leo Garibaldi (DevilDust)
Egon Dias (Expurgo)
Manu Joker (Uganga)
Casito (Witchhammer)

 

Concorda com as escolhas de Tchescko? Deixe seu comentário! E fique ligado porque o The good, the bad and the ugly vai sempre trazer as opiniões de quem faz a música pesada!

Deixe seu comentário!

Comments are closed.

Review: The First of the Listeners, Recitations

      Obscuro, sombrio e assustador! Assim podemos definir The First of the Listeners, álbum de estreia dos noruegueses […]

Review: Prologue In Death & Chaos, Death Chaos

      Curitiba sempre teve uma cena muito boa da música pesada. De lá vem dois grandes nomes do […]

Review: Once and for all, Perc3ption

      Imagine a cena: você se senta confortavelmente diante de seu computador, abre uma cerveja bem gelada (no meu […]

Review: 14 Sovereigh, Vpaahsalbrox

      Quando se fala em bandas de Heavy Metal vindas do Texas, nos Estados Unidos, de quem você […]