Thursday, May 23, 2019

Review: Relentless Disease, Krow

Posted by Redação Mondo Metal On May - 29 - 2014

 

assina_chris

 

Hell "Fucking" Yeah"!

Hell “Fucking” Yeah”!

 

Nem mesmo o mais otimista dos integrantes do quarteto mineiro Krow poderia imaginar o resultado final da longa turnê que a banda fez pela Europa em 2013. Nos sete meses que a banda passou rodando o continente (isso mesmo, sete meses!) o que veio na bagagem do grupo foi muito além das lembranças e presentes de free shopping: ao longo da turnê o Krow chamou tanto a atenção que foi convidado pelo produtor Ronnie Bjornstrom a gravar duas músicas em seu estúdio em Umea, na Suécia. Da experiência surgiu o EP Relentless Disease, que tem, além da faixa-título, a música Whoreborn.

 

Relentless Disease apresenta um Krow em seu melhor momento (e nem poderia ser diferente, afinal, a banda fez uma das maiores turnês europeias da história do heavy metal nacional). Depois do grande Traces of the Trade, de 2012, nada poderia vir em tão boa hora como este EP.

 

 

 

Whoreborn abre o pequeno álbum de forma arrasadora. Música muito bem construída e extremamente pesada. A banda soube medir bem a brutalidade e velocidade com alguns momentos um pouco mais cadenciados. Os vocais de Guilherme Miranda, como sempre, estão devastadores. Relentless Disease vem na sequência de forma avassaladora e brutal. Que música! Que riffs! Que solos! Não ouvia uma música que me empolgasse tanto assim desde o espetacular Beneath the Remains, do Sepultura. É preciso destacar também a bateria muito técnica e segura de Jhoka Ribeiro. Bumbos duplos, blast-beats, batidas alternadas, viradas, tudo em uma única música!

 

O Krow caminha a passos largos para se tornar um dos maiores nomes da música pesada nacional. Os europeus já sabem disso e Relentless Disease é a prova de que a banda está no caminho certo.

 

Krow
Álbum: Relentless Disease (EP)
01. Whoreborn
02. Relentless Disease

 

krow03

 

 

Assista ao teaser da gravação do EP Relentless Disease

Deixe seu comentário!

Comments are closed.

Review: The First of the Listeners, Recitations

      Obscuro, sombrio e assustador! Assim podemos definir The First of the Listeners, álbum de estreia dos noruegueses […]

Review: Prologue In Death & Chaos, Death Chaos

      Curitiba sempre teve uma cena muito boa da música pesada. De lá vem dois grandes nomes do […]

Review: Once and for all, Perc3ption

      Imagine a cena: você se senta confortavelmente diante de seu computador, abre uma cerveja bem gelada (no meu […]

Review: 14 Sovereigh, Vpaahsalbrox

      Quando se fala em bandas de Heavy Metal vindas do Texas, nos Estados Unidos, de quem você […]